Saiba como será o processo seletivo para a Policlínica de Simões Filho

Foto: Lucas Lins

Representantes dos doze municípios membros do Consórcio Interfederativo Metro Recôncavo Norte, que vai administrar a Policlínica Regional em construção na cidade de Simões Filho, se reuniram para aprovação do Estatuto Consolidado e Aditivo do Protocolo de Intenções que adequa o edital da seleção pública para o quadro de funcionários da unidade. Foram incluídas novas especialidades e ampliado o número de vagas para outras funções. Com isso, as inscrições que já estavam encerradas, serão reabertas.

De acordo com a prefeita de Lauro de Freitas e presidenta do Consórcio, Moema Gramacho, a unidade está prevista para iniciar as atividades em março de 2019. “A data das provas não será alterada, continua sendo dia 13 de janeiro conforme publicado em edital, porém tivemos que reavaliar alguns itens, como o acréscimo de cargos e número de vagas, além de regularização da carga horária e salários. Por conta desses ajustes haverá novo período de inscrição”, explicou.

O Processo Seletivo está mantido e é composto de prova objetiva (primeira etapa), de caráter eliminatório e classificatório, e de prova de títulos (segunda etapa) de caráter classificatório, exceto para vaga de assistente administrativo. A aplicação da prova objetiva está prevista para ser realizada nas cidades de Simões Filho ou Salvador. A prova objetiva será composta por 40 questões de múltipla escolha. O resultado final do Processo Seletivo está previsto para 20 de março de 2019.

A Policlínica

A Policlínica de Simões Filho, um investimento de de R$ 18 milhões do Governo dfo Estado, conta com três pavimentos onde os pacientes das cidades consorciadas de Camaçari, Candeias, Conde, Dias D’ Ávila, Lauro de Freitas, Mata de São João, São Francisco do Conde, São Sebastião do Passé, Simões Filho, Santo Amaro, Madre de Deus e Vera Cruz terão acesso a uma variedade de especialidades médicas, a exemplo de angiologia, cardiologia, endocrinologia, gastrenterologia, neurologia, ortopedia, oftalmologia, otorrinolaringologia, ginecologia/obstetrícia, mastologia e urologia.

A unidade também realizará exames de alta complexidade como ressonância magnética, tomografia, mamografia, ultrassonografia com doppler, ecocardiografia, ergometria, mapa, holter, eletroencefalograma, eletromiografia, raio-X, eletrocardiograma, endoscopia, colonoscopia, nasolaringoscopia, colposcopia, entre outros ligados às especialidades de oftalmologia. Os pacientes terão ainda à disposição vasectomia, cauterização, pequenas cirurgias e cuidados com o pé diabético, além de biópsias de mama, tireoide, próstata, dérmica e gastroenteral. 

Gestão compartilhada

A Policlínica será administrada numa gestão compartilhada entre o governo estadual, que financia 40% dos custos mensais, enquanto os municípios consorciados cobrem os 60% restantes proporcionalmente à população. Um ônibus cedido pelo Governo do Estado fará o transporte dos pacientes até a unidade e garantirá o retorno as suas cidades gratuitamente.

Comente

Be the first to comment on "Saiba como será o processo seletivo para a Policlínica de Simões Filho"

Deixe uma resposta