Deputado eleito TUM em defesa do setor automotivo da Bahia

Foto: Divulgação

O deputado estadual eleito Tum (PSC-BA) manifestou profunda preocupação com a Medida Provisória 843/2018 que está em tramitação no Congresso Nacional e trata do regime tributário do setor automotivo no Brasil. O relatório, produzido pelo senador Alfredo Kaefer (PP-PR), favorece apenas a indústria automotiva de Pernambuco, deixando de lado a Bahia, estado que, inclusive, deu incentivos fiscais para que a Ford fosse instalada.

“Durante esta semana, estive em Brasília para acompanhar de perto as tratativas desta MP”, declarou Tum. Na ocasião, o deputado eleito se reuniu com parlamentares baianos com o objetivo de garantir o crescimento econômico da Bahia e a permanência dos postos de trabalho, compromissos assumidos durante sua campanha.

De acordo com Tum, a aprovação do projeto Rota2030 promove uma grande ameaça ao setor automotivo da Bahia, pois estabelece um teto de benefícios fiscais, além de eliminar produção de engenharia própria gerada no Estado. Isto pode causar prejuízos econômicos e sociais, através da redução da arrecadação de tributos e a demissão de inúmeros trabalhadores.

Causa estranheza ao deputado que o texto construído como parte do esforço da bancada baiana para defender os interesses locais, passou a ser atacado por outros Estados. O que pode resultar na alteração do relatório, fruto de um consenso pré-estabelecido.

“Na próxima semana, a MP 843/2018 será pautada no Congresso Nacional e precisamos estar vigilantes para que os interesses da região sul e sudeste não prevaleçam em detrimento aos nossos”, alertou o deputado estadual eleito.

Comente

Be the first to comment on "Deputado eleito TUM em defesa do setor automotivo da Bahia"

Deixe uma resposta