Matrizes curriculares foram debatidas na Câmara de Vereadores

Foto: Ascom/CMLF

A Comissão de Educação da Câmara, presidida pelo vereador Edivaldo Palhaço, e o Conselho Municipal de Educação, promoveram, quinta-feira (18), uma sessão especial com o objetivo de apresentar, debater e recolher sugestões junto à comunidade laurofreitense sobre a proposta de Matrizes Curriculares para os alunos da rede municipal de ensino.

O evento reuniu, no plenário do Legislativo, a presidenta da Casa, Naide Brito, o secretário municipal de Educação, Paulo Gabriel Nacif, os presidentes do Conselho Municipal de Educação, Rafael Henrique, e do Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Rede Pública Municipal de Ensino de Lauro de Freitas (Asprolf Sindicato), Valdir Silva, diretores e diretoras de escolas, coordenadores e coordenadoras pedagógicas, professores, professoras, alunos e pais de alunos.

Ao abrir a sessão, Edivaldo Palhaço falou sobre o papel do Legislativo como casa de ressonância das reivindicações da população e da interação com a sociedade organizada. Para Rafael Henrique, a relação Câmara e sociedade tem muito a ver com a democracia. “A sociedade só pode ocupar espaços e sugerir políticas públicas, em um Estado democrático de Direito, porque um governo autoritário não pede conselhos aos educadores, às mulheres, jovens; um governo autoritário impõe”, alertou Rafael.

“Os espaços democráticos que conquistamos são resultado das lutas de muitas pessoas que vieram antes de nós. Quando esses espaços são interditados, crescem os preconceitos e outras deformidades sociais”, disse Paulo Gabriel. “É uma discussão democrática, de aperfeiçoamento da nossa educação, contribuindo para a formação do cidadão e da cidadã”, definiu Naide Brito.

Entre as novidades no projeto de Matrizes Curriculares para os alunos do ensino fundamental I e II (1º ao 9º ano) estão a disciplina História Afro-Indígena Brasileira e o desenvolvimento da produção textual intercalado em todas as matérias, não apenas em Língua Portuguesa.

Matriz curricular é o mesmo que Grade Curricular. Ela especifica as disciplinas e a carga horária em um curso específico.

Comente

Be the first to comment on "Matrizes curriculares foram debatidas na Câmara de Vereadores"

Deixe uma resposta