Tite convoca jogadores para amistosos da seleção brasileira

Arquivo/Agência Brasil

Destaques no campeonato brasileiro deste ano, Lucas Paquetá (Flamengo), Pedro (Fluminense) e Everton (Grêmio) são novidades na primeira convocação de Tite após a Copa do Mundo de 2018. Outro jogador que terá sua primeira oportunidade na seleção é Arthur, que também mostrou bom futebol na competição pelo Grêmio e se transferiu recentemente para o Barcelona.

Também pelas boas atuações no futebol nacional, retorna à seleção o zagueiro Dedé (Cruzeiro), que já vestiu a camisa da seleção mas terá sua primeira chance com Tite. O treinador elogiou ainda Bruno Henrique, do Palmeiras, e disse que ele poderia ter sido convocado.

Os convocados participarão de dois amistosos. O primeiro deles no dia 7 de setembro, em Nova Jersey, contra os Estados Unidos. O segundo em 11 de setembro, contra El Salvador, em Washington.

Houve a decisão de convocar no máximo um jogador de cada clube brasileiro para não prejudicar os clubes nas competições. “Procurei ser o mais justo possível. Minha responsabilidade é com a seleção, mas também tenho que olhar o outro lado. Tentei equilibrar isso chamando apenas um de cada grupo. Mas eu tenho que dar a oportunidade aos atletas que merecem isso”, explicou Tite.

Outra decisão da comissão técnica é convocar, a partir de agora, sempre um jogador sub-20 para contribuir com a transição de atletas com potencial. Quem ganhou uma oportunidade, dessa vez, foi Hugo, goleiro de 18 anos, do Flamengo.

Renovação
Ao todo, 11 jogadores selecionados não disputaram a competição na Rússia. Seis deles foram convocados para a seleção principal pela primeira vez: Hugo, Andreas Pereira, Arthur, Lucas Paquetá, Éverton e Pedro. Serão realizadas outras duas convocatórias ainda esse ano, nos dias 21 de setembro e 26 de agosto. “A prioridade é dar oportunidades, mantendo uma equipe base. No ano que vem, a prioridade é a preparação para a Copa América”, disse Tite. O treinador disse ainda que trabalha com a ideia de jogar dois jogos no Brasil. “Pode ser novembro ou março. A ideia é trazer para o nosso público e fazer uma espécie de preparação para a Copa América”, acrescentou.

Apesar da renovação, Tite fez um balanço positivo da Copa do Mundo e disse que o futebol apresentado pelo Brasil o coloca entre as quatro melhores equipes, ao lado de França, Croácia e Bélgica, que eliminou a seleção brasileira nas quartas de final. Ele avaliou ainda que a análise deve levar em conta também a classificação para o mundial. “Pegando o desempenho, não só da Copa, cada um que faça o seu julgamento. Não posso desvincular a Copa das eliminatórias. Seria injusto”.

Tite lembrou ainda que assumiu o comando da seleção durante as eliminatórias e agora poderá iniciar o ciclo de quatro anos até a próxima Copa do Mundo. No entanto, disse não ter total segurança de que estará no Catar em 2022, uma vez que o futebol é dinâmico e exige resultados. “Ao longo da história foram Zagallo, Parreira e Dunga que permaneceram o ciclo todo. Tomara que eu consiga, a ideia é essa”.

Confira a lista completa dos 24 jogadores:

Goleiros: Alisson (Liverpool), Neto (Valência), Hugo (Flamengo)

Defensores: Marquinhos (PSG), Thiago Silva (PSG), Dedé (Cruzeiro), Felipe (Porto)

Laterais: Fabinho (Liverpool), Fagner (Corinthians), Filipe Luis (Atlético de Madrid), Alex Sandro (Juventus)

Meias: Andreas Pereira (Manchester United), Arthur (Barcelona), Casemiro (Real Madrid), Fred (Manchester United), Lucas Paquetá (Flamengo), Phillipe Coutinho (Barcelona), Renato Augusto (Bejing Guoan)

Atacantes: Douglas Costa (Juventus), Firmino (Liverpool), Neymar (PSG), Willian (Chelsea), Éverton (Grêmio), Pedro (Fluminense).

Com informações da Agência Brasil

Comente

Be the first to comment on "Tite convoca jogadores para amistosos da seleção brasileira"

Deixe uma resposta