Mulheres acompanham com expectativa primeiro julgamento de feminicídio em Lauro de Freitas

Movimentos sociais e de mulheres estão mobilizados para acompanhar, nesta quinta-feira (30), o primeiro julgamento de um caso de feminicídio em Lauro de Freitas. O julgamento, que terá início às 8h, no Fórum Criminal Desembargador João Mendes da Silva, Centro, leva ao banco dos réus o mecânico José Cosme Alves de Brito, que em 24 de junho de 2017 assassinou a companheira Vanúsia dos Santos, no bairro de Vida Nova, em um crime de grande repercussão na cidade.

“É um momento de tristeza, mas também mostra o avanço no combate a esse crime. Estamos acompanhando o caso e esperamos que justiça seja feito”, enfatizou a secretária Municipal de Políticas para Mulheres, Bárbara Chaves. Nas redes sociais, as entidades “que cotidianamente lutam em defesa da vida das mulheres” estão sendo convocadas a prestar solidariedade a todas as mulheres bvítimas de agressão e em especial aos familiares de Vanúsia, e a exigir justiça.

A Lei que tipifica o feminicídio foi sancionada em março de 2015 pela então presidenta Dilma Roussef e considerada um marco no combate à violência contra a mulher. Com média acima da nacional, a Bahia é o sexto estado com mais casos de violência contra a mulher e tem quatro dos dez municípios com maior número de homicídios femininos do país. Nesse ranking, Lauro de Freitas ocupa a quinta posição.

Comente

Be the first to comment on "Mulheres acompanham com expectativa primeiro julgamento de feminicídio em Lauro de Freitas"

Deixe uma resposta