“Neto correu da disputa política mas fica valente com os professores”, diz Trindade

Foto: Valdemiro Borges

O vereador Zé Trindade (Podemos) condenou as agressões sofridas pelos professores da rede municipal de educação, por parte da Guarda Municipal, na manhã desta terça-feira (7/8), em Salvador.

“Ali estavam professoras e professores, protestando por melhores salários e condições de trabalho. Ali não tem nenhum bandido. O DEM tem que pedir desculpas aos professores, inclusive o candidato a governador deles, que, se não o fizer, estará concordando com essas agressões. O prefeito ACM Neto, que correu da disputa política, fica valente com os professores quando se utiliza de guardas fortemente armados. O nome disso é covardia, não há outro. As agressões precisam ser apuradas e punidas”, concluiu Zé Trindade, que também é pré candidato a deputado estadual.

Ainda segundo o edil, as cenas de armas apontadas para os educadores é “reveladora do que o DEM quer para a Bahia. A volta da política do chicote, da truculência, da violência contra quem se insurge ou luta, mas o povo não deixará isso ocorrer”, concluiu Zé Trindade.

Comente

Be the first to comment on "“Neto correu da disputa política mas fica valente com os professores”, diz Trindade"

Deixe uma resposta