Zé Ronaldo tenta pongar em projetos do PT na escolha da vice

Foto: ASCOM

A poucos instantes do início da convenção do DEM, o pré-candidato a governador José Ronaldo sofreu mais uma derrota na formação da chapa da oposição. A major Denice Santiago recusou o convite para ser a candidata a vice na chapa, conforme informações da assessoria de comunicação da Polícia Militar (PM).

Denice é reconhecida em todo o Brasil pelo trabalho desenvolvido com a Ronda Maria da Penha, implantada durante a gestão do governador da Bahia Rui Costa, candidato à reeleição pelo PT. A chapa da oposição deve ser anunciada na manhã desta sexta-feira (3), em convenção no Hotel Fiesta, no bairro do Itaigara, em Salvador.

“José Ronaldo procurou duas policiais que se destacaram em programas criados pelos governos Rui e Wagner, a Ronda Maria da Penha e as bases comunitárias de segurança. É um reconhecimento à política de segurança dos governos do PT”, afirmou o deputado federal Jorge Solla, ao fazer referência também a Major Sheila, comandante da base comunitária da Santa Cruz, na região do Nordeste de Amaralina.

A nova recusa também exemplifica o momento dramático da oposição em conseguir emplacar um candidato a vice. Dos nomes preferidos, ninguém aceitou. A cantora Carla Visi também recusou o convite. Antes dela, Irmão Lázaro também recusou a candidatura a vice, só aceitando ser candidato ao Senado. Outra baixa que evidencia a crise na chapa de José Ronaldo foi a da vereadora Ana Rita Tavares. Insatisfeita com o prefeito ACM Neto, ela migrou para a base do governador Rui Costa.

Comente

Be the first to comment on "Zé Ronaldo tenta pongar em projetos do PT na escolha da vice"

Deixe uma resposta