José Ronaldo critica irresponsabilidade do governo do PT com a saúde

Foto: Ângelo Pontes

A Bahia é o estado nordestino que mais perdeu leitos do SUS. Em oito anos, houve uma queda de mais de 1,9 mil vagas. A situação tende a piorar com o corte de investimentos de R$ 4 milhões na Santa Casa de Misericórdia de Valença, anunciados pelo governo do estado. A unidade de saúde, referência em todo o país, atende cerca de 300 mil habitantes da região do Baixo Sul. O problema é reincidente e vem sendo reclamado ao pré-candidato ao governo do estado pelo Democratas, José Ronaldo, em todas as cidades que visita. “De norte a sul da Bahia, a queixa é da falta de atendimento e até morte nas filas da regulação”.

José Ronaldo já assegurou diversas vezes que, assumindo o governo do estado, sua primeira missão seria zerar a fila da regulação. “Para isso, contrataríamos leitos particulares até que o déficit seja zerado e assim possamos gerir o sistema sem prejuízos para a população. A regulação é conhecida em todo o estado como ‘fila da morte’”. A redução dos investimentos na Santa Casa de Misericórdia de Valença foi denunciada pelo médico e ex-deputado, Heraldo Rocha. A crise ameaça a manutenção do atendimento e será levada ao Ministério Público, exigindo providências. “Trata-se da saúde. Estamos lidando com a vida das pessoas. O governo do PT não pode agir dessa forma”, salienta José Ronaldo.

O pré-candidato do Democratas reforça a denúncia feita por Heraldo Rocha de que o corte nos investimentos forçará o hospital a ter apenas um médico, ao invés de dois, nos plantões 24h, o que obrigará a Santa Casa a atender apenas aos pacientes em situação de urgência e emergência. Os demais pacientes serão encaminhados para consulta nos postos de saúde dos municípios. “O Conselho Federal de Medicina já havia denunciado que a Bahia foi o estado do nordeste que mais perdeu leitos do SUS em 8 anos, e o pior, a maioria na área de pediatria. O governo do PT está cuidando mal da população. Uma situação inaceitável”.

A Santa Casa de Misericórdia de Valença atende pacientes dos municípios de Valenca, Cairu, Taperoá, Nilo Peçanha, Ituberá, Igrapiuna, Camamu, Piraí do Norte, Gandu, Wenceslau Guimarães e Teolândia. Em junho, a unidade realizou 25.298 procedimentos, 19.989 exames ambulatoriais e 5.309 atendimentos, sendo o pronto-socorro responsável pelo maior número de atendimentos. São 170 leitos, uma unidade obstétrica, uma ala de parto natural e um centro cirúrgico com quatro salas.

Comente

Be the first to comment on "José Ronaldo critica irresponsabilidade do governo do PT com a saúde"

Deixe uma resposta