Lauro de Freitas: PL quer criar cota de emprego para moradores

Foto: Danilo Magalhães

Vereadores de Lauro de Freitas rebateram, na sessão de quarta-feira (6), o argumento de alguns empresários de que há carência de mão de obra qualificada no município. A polêmica foi iniciada após uma visita dos parlamentares Roque Fagundes e Edivaldo Palhaço à obra do Hospital Metropolitano, atendendo a uma solicitação de trabalhadores da construção civil.

“Nós temos profissionais qualificados em todas as áreas, se quiserem posso apresentar uma lista”, desafiou Edilson Ferreira. “Lauro de Freitas tem qualidade de mão de obra”, apoiou Coca Branco. “É preciso valorizar a mão de obra local”, reivindicou Edivaldo Palhaço.

Autor de um Requerimento à prefeita Moema Gramacho pedindo o envio à Câmara de Projeto de Lei obrigando empresas situadas no município ou contratadas pelo Poder Público a comporem seus quadros com 60% de munícipes, Tito Coelho disse que as empresas se instalam com isenções e benefícios e, muitas vezes, não dão a compensação em contratações.

Fausto Franco lembrou que está em vigor uma Lei (1401/2010), fruto de Indicação dele, que obriga as empresas contratadas por licitação para obras de qualquer natureza a admitirem no mínimo 30% de mão de obra entre moradores do município. “A iniciativa de Vossa excelência amplia essa exigência”, disse Fausto, elogiando a iniciativa de Tito.

Moção de Repúdio
Os aumentos constantes nos preços dos combustíveis levaram Valmir Sodré a apresentar Moção de Repúdio aos decretos do governo federal. “Não sei porque os combustíveis aumentam no Brasil, se o barril de petróleo está caindo”, protestou o vereador.

Complexo de Saúde
A implantação de um Complexo de Saúde no Centro da cidade foi objeto de Indicação reiterada de Fausto Franco. O complexo seria constituído da integração dos Centros de Saúde do Homem e da Mulher, do Pronto Atendimento Pediátrico, da UPA, da 2ª unidade da Atenção Municipal ao Idoso, Farmácia Central e base do SAMU.

Curtas da sessão
A presidenta da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), Débora Régis, convocou os integrantes a se reunirem todas as segundas, a partir das 10h, na sede da Câmara.

Fausto Franco apresentou Projeto de Lei instituindo o mês Junho Verde no município; requereu à prefeita a criação do Disque Ronda Escolar; e apresentou Moção de Congratulação pelo Dia Mundial do Meio Ambiente, 5 de junho.

Coca Branco e Doutor Emanuel apresentaram Projeto de Resolução criando a Comissão Permanente de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa.

Débora Régis reiterou Requerimento e Indicação para, respectivamente, desobstruir o retorno do G Barbosa, na Av. Luiz Tarquínio, construir praça pública, com equipamentos de ginástica, parque infantil e iluminação, creche municipal, posto de saúde e cobertura do campo do Ipiranga, em Pitangueiras.

Coca Branco requereu à Mesa da Câmara agendamento de audiência pública sobre mobilidade urbana e os direitos da pessoa idosa, no dia 16 de agosto de 2018, e apresentou Moção de Pesar pelo falecimento da senhora Ana Lúcia Silva do Carmo.

Roque Fagundes requereu e indicou à prefeita entrar em entendimento com o governo e a CCR para, respectivamente, regularizar a entrada de ambulantes cadastrados e implantar caixas eletrônicos na estação Lauro de Freitas.

Luciana Tavares reiterou Requerimento e Indicação para, respectivamente, intervenções de emergência para a contenção do muro no início da Rua Direta e manilhamento em toda a valeta da Quadra 01, em Vila Nova.

Edivaldo Palhaço requereu providências da Secretaria de Saúde para que coloque à disposição do PSF – Vida Nova um veículo para visitas domiciliares de pacientes acamados; e indicou a construção de uma ciclovia na Avenida Santo Amaro de Ipitanga, passando pela Rua Gerino Souza Filho até a Avenida Jaime Lima.

Edilson Ferreira indicou providências para a criação da segunda unidade do Conselho Tutelar no município.

Valmir Sodré indicou providências para a reposição de lâmpadas nas escolas municipais da Vila Praiana e Enock Amaral.

Isaac de Belchior indicou a implantação de ponto de ônibus com cobertura na Avenida São Cristóvão, Jardim Talismã.

Augusto César reiterou Indicação de providências para obras de esgotamento sanitário, passeios, meios-fios, drenagem e asfalto nas ruas Carlos Alberto dos Santos e Ana Joceli Cirylo, em Itinga.

Comente

Be the first to comment on "Lauro de Freitas: PL quer criar cota de emprego para moradores"

Deixe uma resposta