Ninguém está acima da lei, mas também não está abaixo dela”, diz Alex Lima sobre julgamento do STF

O deputado estadual Alex Lima (Sem Partido) comentou sobre o julgamento do habeas corpus do ex-presidente Lula, ocorrido ontem no Supremo Tribunal Federal (STF) e alertou sobre a falsa sensação de normalidade institucional que o país vive. “Os golpes são feitos para durarem cerca de 20 anos. Portanto, o que vimos ontem foi tudo menos um julgamento técnico. Assistimos à mais uma etapa do golpe que contribui com esta falsa sensação de normalidade institucional que estamos vivendo. Atualmente temos as Forças Armadas opinando na decisão do Supremo. O Supremo decidindo no lugar do Executivo e o Executivo querendo decidir pelo Legislativo. Isso é tudo, menos um regime democrático”, disse o deputado.

Alex Lima ainda aproveitou o momento para chamar a população brasileira para uma reflexão sobre a democracia. “Ninguém está acima da lei, mas também não está abaixo dela. O mínimo que a presidente do STF deveria fazer era pauta Ação Direta de Constitucionalidade, mas ela politizou pautando só o Habeas Corpus. Eu não posso conceber que um ministro da Suprema Corte tome decisões sob pressão da grande mídia e, inclusive, das Forças Armadas. Isso não é um regime democrático. Independente de gostar do Lula ou não, é preciso ter discernimento para entender que está tudo errado”, disse o deputado, alertando sobre a importância da democracia. “A instabilidade politica começou em 2014, quando a oposição perdeu a eleição e pediu a recontagem das urnas. Tenho certeza que a prisão do Lula só vai acirrar o ódio e trazer mais instabilidade para o país. É hora de refletir e entender que tudo que o Brasil precisa é de paz e só existe paz numa democracia”, finalizou.

Comente

Be the first to comment on "Ninguém está acima da lei, mas também não está abaixo dela”, diz Alex Lima sobre julgamento do STF"

Deixe uma resposta