Invasores destroem Arembepe com aval dos poderes públicos

Após denúncia do Badogada e manifestações constante dos moradores de Arembepe, os poderes públicos continuam coniventes com a invasão e destruição da mata nativa no local. Além de depredar e matar o meio ambiente, grileiros vendem terrenos em Área de Proteção Ambiental Permanente por até R$ 5 mil.

Além da má fé e crime ambiental, dia após dia os moradores se revoltam com a inoperância das políticas ambientais em Camaçari. União, Estado e Município são responsáveis pelos crimes ambientais existentes em Arembepe.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Comente

Be the first to comment on "Invasores destroem Arembepe com aval dos poderes públicos"

Deixe uma resposta