“PT perdeu o timing de lançar segundo nome em Camaçari”, avalia Bira

A ingerência de Caetano no partido e falta de organização do PT municipal são fatores, na avaliação do deputado estadual, Bira Corôa (PT) que explicam a estratégica equivocada que inviabiliza o lançamento de um segundo nome para deputado estadual no município.

“Sinceramente penso que o PT perdeu o time para lançar um segundo nome em Camaçari”, pontuou Bira, destacando ainda que os recentes casos de corrupção na Câmara de Vereadores tornou mais difícil o consolidação de novas candidaturas.

Questionado pelo Badogada sobre a pré-candidatura de Raimundinho JR, empurrada guela abaixa pelo deputado federal, Luiz Caetano (PT), não o procupa. “O meu eleitorado tem um voto consciente, um voto ideológico, são pessoas que defendem causas. Já o perfil dos eleitores de Raimundinhoé uma turma de mais oba oba”, alfineta.

De acordo com Bira, atualmente a sua candidatura em Camaçari terá dobradinha com os deputados Valmir Assunção, Nelson Pelegrino, Afonso Florence, entre outros. Ao Badogada, o deputado estadual confessou ainda que a “indecisão e desorganização” da campanha de Caetano tem atrasado as conversas sobre a dobradinha e possíveis ações entre eles.

Comente

Be the first to comment on "“PT perdeu o timing de lançar segundo nome em Camaçari”, avalia Bira"

Deixe uma resposta