Elinaldo massacra servidores efetivos de Camaçari

Um verdadeiro massacre e humilhação. Estas são as palavras que os servidores efetivos do município de Camaçari definem o tratamento que recebem do prefeito Elinaldo Araújo (DEM), que foi eleito com a promessa de valorizar e respeitar o funcionalismo público.

Na prática, a perseguição e maus tratos aos servidores é tão forte que muitos já pediram licença sem vencimento por não suportar os desmandos do “parceiro do povo”. Além de não tratar os servidores com o carinho prometido, Elinaldo não tem honrado com os pagamentos dos benefícios da categoria.

Em conversa com o Badogada, um servidor concursado – que pediu anonimato temendo retaliações – relatou que as promoções e mudanças de nível foram liberadas, mas não foram pagas e, para piorar não tem previsão para efetivar o pagamento. No primeiro momento, o prefeito alegou que não iria pagar por conta da folha do 13°, sendo que desde junho o referido pagamento está sendo negociado.

“É revoltante, vez que nem o reajuste salarial, que todo o trabalhador faz jus, não recebemos. Mais uma vez o município, representado pelo prefeito Elinaldo, massacra o servidor, que por sua vez, fica a mercê dos absurdos dessa administração”, badogou outro servidor.

Comente

Be the first to comment on "Elinaldo massacra servidores efetivos de Camaçari"

Deixe uma resposta