Centro de Convenções de ACM Neto pode não sair do papel devido à disputa jurídica

Foto: Carlos Casaes | Ag. A TARDE | 12.10.2003

A espuma e propaganda que o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), fez em torno da construção de um Centro de Convenções na capital baiana, na área do antigo Aeroclube, pode ficar apenas no papel.

Tramita na Vara da Fazenda Pública um processo movido pelo empresário Herder Mendonça, dono da casa de show Rock in Rio Café, âncora do shopping do antigo Aeroclube, contra a Prefeitura de Salvador.

O empresário diz que as pendengas jurídicas envolvendo a área continuam vivas na Justiça, embora “se sinta vítima de manobras que o forçaram a recorrer ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ)”, conforme relato na coluna Tempo Presente, assinada pelo jornalista Levi Vasconcelos, no jornal A Tarde.

“Agora eu brigo pela minha indenização e para corrigir as injustiças da Justiça”, explicou o empresário ao destacar que já fez diversas tentativas para conversar com ACM Neto, sem sucesso.

Comente

Be the first to comment on "Centro de Convenções de ACM Neto pode não sair do papel devido à disputa jurídica"

Deixe uma resposta