Para conter crise interna, Elinaldo cria mais duas Secretarias em Camaçari

Foto: Divulgação

Após forte pressão do time azul, que amargou 2017 inteiro no banco de reservas, o prefeito Elinaldo Araújo (DEM) foi obrigado a criar mais duas Secretarias para conter a crise interna em sua gestão. Apesar de se queixar da receita bilionária da Prefeitura de Camaçari e o recente empréstimo aprovado pela Câmara de Vereadores, o “parceiro do povo” mais uma vez não honra com a sua palavra e, no lugar de enxugar a máquina pública, criará mais boquinhas no executivo.

O show da esposa de Júnior Borges nas redes sociais rendeu bons frutos, e o vereador deixará a Câmara de Vereadores para assumir a a nova Secretaria da Habitação. A pasta também é um “cala boca” em Júnior Borges (DEM) para ele desistir de disputar uma vaga na Assembleia Legislativa, em 2018, para tentar ajudar a combalida candidatura do vice-prefeito, José Tude (PMDB). Quem também deixará a Câmara de Vereadores é o vereador Sessé Abreu, que assume a Secretaria de Esportes, Lazer e Juventude, pessimamente conduzida por Rui Magno.

Já Simara Ellery, após um pífio desempenho na Secretaria do Desenvolvimento Social e Cidadania vai para inexpressiva Secretaria de Relações Institucionais, que apesar de nova, não terá papel relevante nenhum na gestão, uma vez que a articulação política é feita por Helder Almeida. Quem assume a Secretaria do Desenvolvimento Social e Cidadania é Janete Ferreira, uma forma de acomodar mais uma família, tendo em vista que a Limpec definitivamente deve ser exista.

Comente

Be the first to comment on "Para conter crise interna, Elinaldo cria mais duas Secretarias em Camaçari"

Deixe uma resposta