Elinaldo vai tirar Transporte Universitário dos estudantes de Camaçari

Foto: Angelo Pontes/PMC

Após massacrar os servidores públicos, o prefeito de Camaçari, Elinaldo Araújo (DEM), vai prejudicar, mais uma vez, os estudantes que dependem do Transporte Universitário para cursar faculdade em outros municípios.

O decreto nº 6821/2017, publicado no Diário Oficial do Município no dia 22 de dezembro, prevê que o Transporte Universitário só será realizado entre os meses de março a novembro, desconsiderando os calendários diferenciados das instituições públicas ou eventuais greves.

Os estudantes que não tiverem 70% de aproveitamento das disciplinas perderá o direito ao TU. Caso o estudante opte por curso universitário que já exista em instituições do município não terá direito ao transporte.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Ainda no pacote de maldades contra os estudantes, Elinaldo determinou que o direito ao Transporte Universitário só acontecerá durante o tempo estipulado pela instituição para conclusão do respectivo curso, o que prejudica mais uma vez caso o aluno monte uma grade diferente de matérias ou que só pegue metade das disciplinas, em caso de trabalho, por exemplo.

Por fim, os usuários do Transporte Universitário, serão obrigados também a exercer atividades comunitárias, dentro de sua área de estudo, com a ameaça de perde o direito ao TU, independente se o estudante já tiver um trabalho, por exemplo.

Comente

Deixe uma resposta