Vergonha: vereadores governistas aprovam pacote de maldade de Elinaldo de portas fechadas

Quem diria que o prefeito Elinaldo Araújo (DEM), homem simples e humilde, seria o responsável por elaborar um pacote de maldades contra os servidores municipais de Camaçari. Quem diria que o presidente da Câmara de Vereadores, Oziel Araújo (PSDB), um servo de Deus, mandasse fechar os portões da Casa Povo para que a população participasse da sessão.

E o absurdo teve a participação de todos os vereadores da base governista, que aprovaram na manhã desta terça-feira (26), o pacote de maldade de Elinaldo Araújo que retira direitos dos funcionários públicos municipais. Os vereadores de oposição tentaram boicotar a sessão, porém sem êxito. E foi assim, de portas fechadas, com o plenário vazio e forte efetivo militar, que os servidores tiveram seus direitos trabalhistas usurpados pelo “parceiro do povo”.

Vergonha também para parte da imprensa de Camaçari, que em troca de anúncio publicitários da Prefeitura, não deram um pio sequer sobre o assunto. Vendidos! Covardes!

Mais vergonhoso ainda foram os servidores comissionados que foram para o portão da Câmara de Vereadores fazer volume para o time azul, sem saber que seus direitos também foram retirados. Pobres coitados, que precisam se sujeitar a essa infâmia por um prato de comida.

Acompanhe a cobertura que o Badogada bravamente realizou em tempo real:

 










Comente

Deixe uma resposta