Aprendeu com Caetano? Ademar vai responder a processo na Justiça

Foto: Divulgação

O slogan da campanha de Ademar Delgado, em 2012, “Pra fazer muito mais por Camaçari“, começa a fazer sentido cinco anos depois, quando a cria do deputado federal Caetano (PT) e o pior prefeito da história do município, começa a responder a processos de ação civil de improbidade administrativa e dano ao erário público. Se condenado, Ademar vai precisar devolver mais de R$ 5 milhões aos cofres públicos e pode até perder os direitos políticos e ficar impedido de disputar as eleições.

De acordo com o Ministério Público do Estado da Bahia, o erro de Ademar foi ter pago as contas de água e luz do Centro Comercial de Camaçari com verbas públicas. No total foram pagos, indevidamente, sendo R$ 2.455.128,23 (dois milhões, quatrocentos e cinquenta e cinco mil, cento e vinte e oito reais e vinte e três centavos à Coelba e 3.131.783,54 (três milhões, cento e trinta mil e um mil, setecentos e oitenta e três reais e cinquenta e quatro centavos) à Embasa.

“(…) o município de Camaçari arcou com as taxas devidas dos permissionários dos boxes situados no interior do Centro Comercial de Camaçari, referentes ao consumo de água e energia elétrica, gerando indevido encargo para o município, e em contrapartida, enriquecimento ilícito dos aludios permissionários, vez que, exercem estes atividade de natureza comercial, não cabendo ao poder público, utilizar-se do dinheiro dos contribuintes para arcar com tais despesas” destaca o MP em petição inicial, revelada com exclusividade pelo Camaçari Alerta.

Comente

Be the first to comment on "Aprendeu com Caetano? Ademar vai responder a processo na Justiça"

Deixe uma resposta