“Semiárido baiano será beneficiado Lei de Convivência”, avalia Mário Jacó

Foto: DIvulgação

O governador Rui Costa (PT) assinou, nesta quinta-feira (21), o decreto de regulamentação da Lei Estadual de Convivência com o Semiárido em Jacobina, na região da Chapada Norte. Quem comemorou a iniciativa do chefe do Executivo baiano foi o suplente de deputado estadual, Mário Jacó (PT), que salientou os inúmeros retrocessos que o país enfrenta em relação ao encerramento ou diminuição dos investimentos das políticas públicas de acesso à água, da agricultura familiar e das políticas sociais em geral realizadas pelo governo de Michel Temer (PMDB). Jacó sinaliza que a Bahia caminha na contramão do desmonte social que o país vem enfrentando.

“Rui diariamente mostra sua preocupação com o povo do campo e do semiárido. Lutamos pela valorização e pelo investimento no desenvolvimento rural sustentável para nossa região. O estado vai garantir a permanência sustentável, digna e cidadã das populações em seus territórios”, explica. Para Jacó “é preciso entender que conviver com o semiárido é promover melhoria na qualidade de vida das pessoas e promover a cidadania, por meio de iniciativas sociais, econômicas, culturais, ambientais e tecnológicas contextualizadas e adequadas à vida na região. Estamos todos e todas muito emocionados com a chegada deste momento”.

Com a regulamentação, a aplicação de recursos será priorizada para o semiárido, garantindo acesso à água e à terra, desenvolvimento econômico da região por meio da assistência técnica e organização das cadeias produtivas; criar e incrementar linhas de financiamento e ações de apoio para implantação de cooperativas e associações, além de adequar tecnologias de acesso à água para consumo humano, animal e produção apropriados à região semiárida.

Além da assinatura do decreto que regulamenta a lei, Rui autorizou a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) a celebrar 64 convênios do projeto Pró-Semiárido, autorizou a CAR transferir R$221 milhões para a Cerb implantar, ampliar e recuperar 1 mil sistemas simplificados de abastecimento de água, e implantar módulos sanitários residenciais através do projeto ‘Bahia Produtiva’. Também foram entregues 26 veículos para os trabalhos de campo.

Comente

Be the first to comment on "“Semiárido baiano será beneficiado Lei de Convivência”, avalia Mário Jacó"

Deixe uma resposta