Exclusivo: sem prestígio, Elinaldo não consegue trazer novas unidades do Minha Casa Minha Vida para Camaçari

Foto: Reprodução/Facebook

Mesmo sendo apoiador do governo golpista de Michel Temer (PMDB), o prefeito de Camaçari, Elinaldo Araújo (DEM) mostrou que não tem prestígio nenhum em Brasília. Nunca é demais lembrar que o seu vice, José Tude é do mesmo partido de Temer, o fisiológico PMDB.

Com isso, o sonho da casa própria de mais de 12 mil famílias camaçarienses, que já estão inscritas no MCMV, não serão realizados na gestão do prefeito Elinaldo Araújo (DEM), que durante a campanha eleitoral prometeu diminuir o déficit habitacional em Camaçari.

Quem também mostrou não ter prestígio com os golpistas em Brasília foi um dos “prefeitos de Camaçari”, o deputado federal Paulo Azi (DEM), que é o articulador político de Elinaldo Araújo (DEM), no Congresso Nacional e o deputado federal João Gualberto (PSDB) – o padrinho do vereador Oziel Araújo (PSDB) -, que é do mesmo partido do ministro das Cidades, Bruno Araújo – que anunciou as novas contratações de unidades habitacionais do Minha Casa Minha Vida.

Municípios baianos beneficiados
Nesta primeira etapa de habilitação, publicada no Diário Oficial da União (DOU), foram contempladas 25.664 novas unidades habitacionais. As unidades correspondem a 122 propostas selecionadas pelo Ministério das Cidades, com investimentos de R$ 2,1 bilhões em 77 municípios brasileiros.

Na Bahia, oito municípios baianos foram beneficiados com 3.171 unidades habitacionais. As cidades de Barra do Choça, Caetité, Castro Alves, Paulo Afonso, Poções, Ribeira do Pombal, Salvador e Santo Estevão foram contempladas.

Comente

Be the first to comment on "Exclusivo: sem prestígio, Elinaldo não consegue trazer novas unidades do Minha Casa Minha Vida para Camaçari"

Deixe uma resposta