Após denúncia do Badogada, Oziel tenta explicar irregularidades na Câmara de Camaçari

Foto: Reprodução/TV Câmara

Diante das inúmeras denúncias publicadas com exclusividade pelo Badogada, contra a gestão do vereador Oziel Araújo (PSDB), que preside a Câmara de Vereadores, finalmente o edil rompeu o silêncio e ocupou a Tribuna para se defender das matérias veiculadas pelo Badogada, site jornalístico que tem pautado a vida política de Camaçari.

Na última matéria, onde o Badogada noticiou em primeira mão a decisão da Justiça em cancelar um processo licitatório repleto de irregularidades autorizado pelo presidente da Câmara, Oziel tentou explicar como ocorre os processos licitatórios em seu mandato, porém não mencionou a decisão judicial e nem comentou as irregularidades apontadas pelo Juiz de Direito César Augusto Borges de Andrade, que cancelou a licitação milionária realizada pela Casa Legislativa repleta de erros.

Em sua decisão, o juiz César Augusto, houve falha no “processo de publicidade, clausulas contendo obrigações abusivas em desfavor dos interessados no certamente e previsão de reajuste de valores, com índices cumulativos”, relata. Ainda de acordo com a decisão judicial houve um claro “direcionamento do procedimento licitatório” e, o mais grave: o contrato iria durar seis anos (período superior a legislatura que são de quatro anos) e o aumento do contrato “manifesta probabilidade de dano ao erário”, aponta o juiz.

Sobre a decisão judicial e a “licitação viciada”, Oziel não teceu nenhuma palavra, pelo contrário adota a mesma fórmula (equivocada) de Elinaldo: colocar a culpa nos seus antecessores por todos os problemas que acontecem em Camaçari. Assista ao vídeo, onde após sentir a força da badogada, Oziel tenta explicar o inexplicável.



Comente

Be the first to comment on "Após denúncia do Badogada, Oziel tenta explicar irregularidades na Câmara de Camaçari"

Deixe uma resposta