#CamaraOcupada completa seis dias e Elinaldo foge dos estudantes

O movimento estudantil de Camaçari completa, nesta terça-feira (25), o sexto dia de ocupação da Câmara de Vereadores de Camaçari contra o reajuste arbitrário da tarifa do transporte público no município, autorizado pelo prefeito Elinaldo Araújo (DEM).

O “parceiro do povo” tem evitado o diálogo com os estudantes e com a sociedade sobre o assunto. Ele chegou até marcar uma reunião com a turma nesta segunda-feira (24), porém fugiu do debate.

Representantes da União dos Estudantes Secundarista de Camaçari (UESC), União dos Estudantes Estaduais Secundaristas (UEES) e da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES), bem como de estudantes da rede estadual de ensino e do movimento universitário, garantem que só deixam a Câmara após o aumento da tarifa for revogado.

Por conta do #CamaraOcupada, a 10ª Sessão Ordinária do Primeiro Período Legislativo, que seria realizada nesta terça-feira (25), foi suspensa.

Comente

Be the first to comment on "#CamaraOcupada completa seis dias e Elinaldo foge dos estudantes"

Deixe uma resposta