Professores de Camaçari dão badogada em Elinaldo

Foto: Reprodução/Facebook

Os professores da rede municipal de ensino de Camaçari perderam de vez a paciência e resolveram “badogar” o prefeito Elinaldo Araújo (DEM), após os inúmeros erros na gestão da educação no município, que vão da escolha dos dirigentes da Secretaria até as rotinas de trabalho.

“Essa zorra dessa prefeitura está uma verdadeira bagunça. Depois de Elinaldo, a nossa vida financeira virou uma bagunça. Eu pergunto ao prefeito, quando é que ele vai deixar de brincar de ser prefeito e levar essa administração a sério? Enfeitou Camaçari de estrangeiros e o povo está sapateando sobre nós, entrando e bagunçando nossas vidas financeira. Basta Elinaldo, toma vergonha e tendência prefeito, paciência tem limites e minhas contas não esperam não”, disparou um professor que pediu para não ser identificado.

Dessa vez a reclamação dos professores diz respeito ao pagamento de 1/3 das férias, que foi antecipado justamente para não ser somado aos vencimentos do mês de fevereiro e aumentar o desconto do Imposto de Renda dos trabalhadores.

“Solicitamos, com urgência, a revisão da dedução do Imposto de Renda sobre 1/3 de férias e o salário de fevereiro de 2017. A categoria está extremamente indignada com o não cumprimento do acordo”, diz o presidente do Sindicato dos Professores e Professoras da Rede Pública Municipal de Camaçari, Jorge Freitas.

Comente

Be the first to comment on "Professores de Camaçari dão badogada em Elinaldo"

Deixe uma resposta