Polêmica envolve Posto Paraíso em Guarajuba

Foto: Reprodução/Google Maps

Após consumidores denunciarem nas redes sociais um problema em uma das bombas do Posto de Combustível Paraíso, localizado em Guarajuba, na orla de Camaçari, funcionários do estabelecimento gravaram vídeo explicando como ocorre a medição e o controle das bombas.

Na denúncia, os consumidores usaram uma vasilha plástica para verificar se a bomba estava nivelada e entrega, realmente, um litro de gasolina. No vídeo é possível ver que a quantidade fica inferior. Após a polêmica, a chefe de pista do posto, Eliane, gravou vídeo realizou novo teste e explicou como o Posto Paraíso faz o controle dos níveis da bomba.


Irregularidades
De acordo com a Agência Nacional de Petróleo (ANP), responsável pela fiscalização dos postos de combustível no país, qualquer suspeita de fraude, os consumidores devem denunciar à ANP através da seção Fale com a ANP no site da Agência na internet (www.anp. gov.br) ou na Central de Atendimento 0800 970 0267. A partir da denúncia dos consumidores a ANP direciona as ações e estabelece os roteiros da fiscalização. Para que a denúncia seja registrada é necessário que o consumidor informe o nome, endereço e o CNPJ do estabelecimento, além da descrição do ocorrido.

Se for detectada adulteração ou não-conformidade no combustível comercializado num posto revendedor, a Fiscalização da ANP toma medidas como autuação, lacre da bomba, fechamento do posto e, após a conclusão do processo administrativo, aplicação de multa, conforme a Lei nº 9.847/1999. O valor das multas varia, conforme a irregularidade, entre R$ 20 mil e R$ 5 milhões.

Comente

Be the first to comment on "Polêmica envolve Posto Paraíso em Guarajuba"

Deixe uma resposta