Prefeitura de Camaçari desrespeita professores e adia pagamento das férias

Foto: Divulgação

A gestão do prefeito Elinaldo Araújo (DEM) vai entrar para história, pelo menos no que fiz aos profissionais da educação, de forma totalmente negativa. Pela primeira vez na história de Camaçari os professores irão receber 1/3 das férias após o término das mesmas. É isso mesmo caro leitor, após as férias terminarem é que os professores receberão seu dinheiro, quando a legislação trabalhista prevê o pagamento antecipado deste benefício.

Falta de dinheiro não é, pois o repasse do FUNDEB já garante o pagamento da férias. “É má fé de Elinaldo mesmo”, brada um professor que pede para não ser identificado. De acordo com o Sindicato dos Professores e Professoras da Rede Pública Municipal de Camaçari (SISPEC), após inúmeras tentativas de diálogo somente nesta quarta-feira (8) é que a Prefeitura anunciou que pagará as férias apenas no dia 24.

“A diretoria executiva do Sispec não aceita o adiamento do pagamento compulsório do beneficio das férias e em resposta ao descumprimento do legislado, convocará assembleia para o dia da jornada pedagógica ou o primeiro dia de aula”, diz nota do sindicato.

Nas redes sociais, os professores realizaram grande protesto com a hashtag #PagueAsFériasDoProfessor:

 

Comente

Be the first to comment on "Prefeitura de Camaçari desrespeita professores e adia pagamento das férias"

Deixe uma resposta