“Reforma administrativa busca dinamizar gestão”, diz Rui Costa

O governador Rui Costa (PT) empossou na tarde desta segunda-feira (23) seus novos sete secretários, resultante de parte da sua reforma política. Entre os novos secretários destaque para o ex-governador, Jaques Wagner, que assumiu a Secretária de Desenvolvimento Econômico, sob aplausos do público que lotou o auditório da Fundação Luís Eduardo Magalhães (FLEM), localizado no CAB.

O ato político foi uma demonstração de unidade da base governista, que se fortaleceu após a entrada de Wagner no Governo Estadual. Rui Costa também não economizou nos elogios ao seu vice, João Leão (PP) e aos senadores Otto Alencar (PSD) e Lídice da Mata (PSB) e realizou diversos acenos de apoio a candidatura de Marcelo Nilo (PSL) à presidência da Assembleia Legislativa, com a clássica frase: “Tudo que é bom precisa continuar”.

Sobre Jaques Wagner, a estrela do dia, Rui explicou a sua escolha com uma alfinetada a um certo jornal que tem como dono o seu maior rival político em 2018, ACM Neto. No relato do governador, os jornalistas do referido veículo, independente do que ele faça, sempre o fazem aparecer de forma negativa nas páginas e site do jornal. “O jornalista me perguntou quais os motivos para eu escolher Wagner como secretário”, relatou Rui ao completar de forma bem-humorada: “São tantos os motivos, que se eu parar para te falar debaixo desse sol quente você vai se cansar”, completou para risos da plateia.

“Não existe atualmente, na Bahia, figura política que tenha maior articulação com os políticos, os movimentos sociais e as empresas do que Jaques Wagner. No momento de crise precisamos de mais articulação, mais investimento e de um secretário com um perfil com credibilidade e bom de negociação para articular novos empreendimentos para a Bahia”, explicou.

Recados de Rui
Ao se referir à nova secretária estadual de Políticas para as Mulheres (SPM), Julieta Palmeira (PCdoB), Rui frisou a importância da pasta para a sua gestão e cobrou dos secretários e deputados da base aliada apoio para a atuação da SPM. Ao novo titular da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), Vivaldo Mendonça recomendou maior aproximação com a FIEB e as empresas para alavancar o desenvolvimento tecnológico no estado.

Ao seu amigo Carlos Martins, que assume a Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (JDHDS), Rui lembrou que o trabalho precisa ser integrado, principalmente com a SEAP, tendo em vista a crise nos presídios no Brasil, bem como maior aproximação com os movimentos sociais.

Durante a solenidade, o governador anunciou também a entrega do presídio em Barreiras, que irá permitir tirar todos os presos das delegacias localizadas no Oeste baiano. Para o Oeste, Rui pontuou ainda que fará a instalação do GRAER, que teve o apoio dos produtores locais, para fortalecer a segurança na região.

Em Salvador, Rui lembrou ainda do compromisso de construir um novo Centro de Convenções e da importância das obras do metrô, que além de melhorar a mobilidade na Região Metropolitana de Salvador, tem garantido o emprego de 8 mil pais de famílias, saldo considerável tendo em vista o cenário de desemprego que assola o país. Por fim, o governador também firmou o compromisso de construir um Centro de Convenções em Ilhéus, para fomentar a economia e o turismo da região.

Conheça os secretários
José Vivaldo Mendonça (PSB) assume a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti); Jaques Wagner (PT), de Desenvolvimento Econômico (SDE); Fernando Torres (PSD), de Desenvolvimento Urbano (Sedur); Olívia Santana (PCdoB), do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre); Carlos Martins (PT), de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (JDHDS); Geraldo Reis (PT), do Meio Ambiente (Sema); e Julieta Palmeira (PCdoB), de Políticas para as Mulheres (SPM).

Comente

Be the first to comment on "“Reforma administrativa busca dinamizar gestão”, diz Rui Costa"

Deixe uma resposta