Badogada acerta novamente e revela mais uma ilegalidade na STT de Camaçari

Foto: Divulgação

Após o Badogada denunciar a ilegalidade da nomeação do agente de trânsito, Cleiton S. Pereira, para chefia de gabinete da Superintendência de Trânsito e Transporte (STT), pois fere o artigo 23 do Estatuto dos Servidores da STT, mais uma notícia dada com exclusividade pelo site jornalístico que mais cresce em Camaçari foi concretizada.

Conforme antecipamos, além da chefia de Gabinete, o agente S. Pereira iria acumular (ilegalmente) mais uma diretoria dentro do STT. Desrespeitando mais uma vez o artigo 23, que prevê que os agentes não podem assumir nenhuma função distinta daquelas para as quais prestaram o concurso, agora ele também é o diretor Interino de Trânsito, como comprova o documento abaixo obtido pelo Badogada.

Além das ilegalidades, a gestão continua caótica. Após tirar os agentes da rua para realocá-los em funções administrativas, o chefe de Gabinete da STT precisou elaborar uma circular (veja documento abaixo) para paralisar a remoção de veículos para STT, depois de uma moto foi roubada por falta de segurança dentro da sede do órgão de trânsito.

Comente

Deixe uma resposta