“Nem todo mundo que fez campanha vai ter cargo na Prefeitura”, avisa Elinaldo

Foto: Divulgação

Apesar de prometer que governaria com o povo de Camaçari, o prefeito Elinaldo Araújo (DEM), montou o seu primeiro e escalão majoritariamente com pessoas de fora de Camaçari. Nesta quarta-feira (18), durante entrevista a rádio Sucesso FM, Elinaldo deu um banho de água fria em muita gente ao sinalizar que não terá espaço para o “time azul” em seu governo por falta de capacidade técnica.


A declaração é um verdadeiro tapa na cara da sociedade de Camaçari, ainda mais no momento em que a Prefeitura firmou convênio com Prefeituras de outras cidades para trazer servidores “forasteiros” para assumir os cargos prometidos em campanha pelo “parceiro do povo” aos camaçarienses.

Convênio com vale até 31 de dezembro de 2019

No convênio, prevê que as Prefeituras vizinhas, como Salvador e Alagoinhas vão ceder funcionários “técnicos” para o município, o que leva ao inevitável questionamento: os filhos de Camaçari são incapazes de assumir cargos técnicos na gestão do “parceiro cada vez mais distante do povo?”

Na Superintendência de Trânsito e Transporte (STT), por exemplo, por meio de convênio, a Prefeitura do Salvador cedeu Armando Yokoshiro Filho para comandar a STT. E vem mais por aí.

 

Comente

Be the first to comment on "“Nem todo mundo que fez campanha vai ter cargo na Prefeitura”, avisa Elinaldo"

Deixe uma resposta