Ouvidor de Camaçari fica de brincadeira no Facebook durante horário de trabalho

Foto: Reprodução/Facebook

A Ouvidoria, que é um órgão estratégico para a gestão pública, pois é o canal de diálogo entre a Prefeitura e o cidadão, deveria ser vista com mais carinho pelo prefeito Elinaldo (DEM). Afinal, em sua campanha ele mesmo disse que seu governo seria marcado pela “escutatória” (uma palavra inventada por Elinada para tentar dizer que ia ouvir o povo”).

Pois bem, para o importante cargo de ouvidor do município foi nomeado Oswaldo Marcolino, carinhosamente chamado de Oswaldinho, que em três dias já demonstrou que não tem a mínima capacidade, preparo e conhecimento para assumir o cargo. Aliás, só foi indicado por ter sido presidente municipal do PMDB.

Figura sempre presente nos grupos de WhatsApp de Camaçari, um espaço privilegiado de debates sobre a cidade, Oswaldinho não está muito disposto a ouvir os cidadãos e sem paciência para ouvir as críticas ao governo Elinaldo, por isso anunciou a saída de diversos grupos alegando pouco espaço em seu celular, o que gerou inúmeras piadas sobre a justificativa pueril do ouvidor.

Contudo não falta tempo e espaço no celular para o ouvidor ficar de brincadeira durante o horário de expediente na Prefeitura Municipal. No lugar de ouvir o povo, seja nos grupos de WhatsApp ou na rua, Oswaldinho utiliza recursos públicos, internet e equipamentos da Prefeitura, custeado pelo contribuinte, para postar propaganda política para o atual prefeito. Cabe lembrar ao ouvidor que o desvio das funções do servidor público constitui crime, principalmente durante o horário de trabalho.

Comente

1 Comment on "Ouvidor de Camaçari fica de brincadeira no Facebook durante horário de trabalho"

  1. Tem um tom de opositor nesse texto, aliás um dos problemas do Brasil é a falta de imparcialidade na imprensa.

Deixe uma resposta