Acordo com Elinaldo prevê aprovação das contas de Ademar rejeitadas pelo TCM

Foto: Fábio Barbosa

Para quem ainda duvida que Ademar e Elinaldo fizeram uma aliança durante a eleição em Camaçari, a “prova dos nove” será a apreciação das contas de Ademar, referentes ao exercício 2015, pela Câmara de Vereadores em 2017.

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) já rejeitou as contas de Ademar apontando graves erros na administração da receita municipal que foi de R$ 1 bilhão. Como a coligação de Elinaldo tem maioria na Câmara, os vereadores irão desconsiderar o parecer técnico do TCM e irão aprovar as contas de Ademar, aí, caro leitor, não restará dúvida da parceria de Elinaldo e Ademar.

Decisão do TCM
De acordo com o parecer do conselheiro José Alfredo Dias, relator no processo de Ademar, o TCM rejeitou as contas da Prefeitura de Camaçari, pois o prefeito gastou mais do que arrecadou. O fato, por si só, impõe, pela legislação, a desaprovação de contas.

“O município apresentou uma receita arrecadada na ordem de R$1 bilhão e promoveu despesas no montante de R$1,025 bilhão gerando um déficit orçamentário e evidenciando desequilíbrio na administração das contas públicas”, diz o parecer.

O pior prefeito da história de Camaçari, Ademar Delgado, carinhosamente conhecido como “mão de vaca”, vai ter que coçar o bolso e pagar a multa de de R$30.527,91, com recursos pessoais, pelo pagamento de valores a secretários municipais acima do limite estabelecido na legislação e uma multa no valor de R$25 mil, pelas falhas e irregularidades apuradas no relatório.

Resposta de Ademar
Por meio de nota, o pior prefeito da história de Camaçari, Ademar Delgado, disse que vai apresentar recurso a decisão do Tribunal de Contas do Município. Ademar aguarda a publicação do parecer para apresentar sua defesa.

Comente

Be the first to comment on "Acordo com Elinaldo prevê aprovação das contas de Ademar rejeitadas pelo TCM"

Deixe uma resposta