Rui anuncia concurso na PM; Luiza Maia cobra maior reserva de vagas para as mulheres

Foto: Alberto Coutinho/GOVBA

Enquanto o governador Rui Costa (PT), em ato público, anunciava a realização do concurso para oficiais e soldados da Polícia Militar e do Corpo Bombeiros Militar em 2017, a deputada estadual petista, Luiza Maia, em audiência pública, criticava durante a reserva de apenas 10% das vagas no concurso das instituições militares.


De acordo com o governador, o concurso vai oferecer duas mil vagas para soldados e 60 oficiais da PM. Outras 20 vagas serão destinadas a oficiais médicos e dez, para oficiais odontólogos. No caso do Corpo de Bombeiros, serão ofertadas 750 vagas para soldados e 30 para oficiais. O edital de licitação para contratação de empresa para realizar o concurso será publicado no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (15).

“Nossa meta é que, em 2018, já teremos esses novos concursados reforçando o trabalho da PM e dos bombeiros”, disse o governador. Ao todo, serão 2.870 novos policiais para reforçar a segurança pública na capital e no interior do estado a partir de 2018.

Machismo na PM
Paralelo ao anúncio oficial, acontecia na Assembleia Legislativa a audiência pública “A condição da mulher na PM e Corpo de Bombeiro Militar da Bahia: importância e direitos”, promovida pelo deputado Marcelino Galo e a Comissão de Direitos Humanos do Legislativo.

Fotos: Marcelo Ferrão/Ascom LM

Em sua fala, a deputada estadual Luiza Maia (PT), protestou contra a reserva de apenas 10% das vagas em concursos da PM e Corpo de Bombeiros. A líder da Bancada Feminina, frisou ainda que é preciso combater o machismo na sociedade e dentro da corporação policial, pois é real e cruel.

“O machismo é tão cruel que vai entrando na cabeça da sociedade e as pessoas começam a achar que tudo é normal. Ou a gente reage, se organiza, se une, nos vários setores que nós mulheres temos representação, ou esse retrocesso contra nossos direitos vai continuar”, disse Luiza.

Comente

Be the first to comment on "Rui anuncia concurso na PM; Luiza Maia cobra maior reserva de vagas para as mulheres"

Deixe uma resposta