“Metrô não vai solucionar problema da mobilidade de Salvador”, diz professor da UFBA

“O metrô não irá solucionar o problema de mobilidade da Região Metropolitana de Salvador”. A avaliação é do prof. Juan Morena, doutor em Engenharia de Transportes pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), professor e pesquisador do Departamento de Engenharia de Transporte e Geodesia da Universidade Federal da Bahia (UFBA).

A avaliação ocorreu durante a audiência pública promovida pela Comissão de Desenvolvimento Urbano (CDU) da Câmara dos Deputados, nesta segunda-feira (12), no auditório da Unibahia, em Lauro de Freitas. Ao apresentar estudos acadêmicos e indicadores, Morena demonstrou como uma cidade segregada é uma cidade violenta.

“O setor imobiliário está produzindo cada vez mais cidades desorganizadas, segregadas, o que impacta no aumento tempo de viagem para os usuários dos sistemas de transporte público e um trânsito cada vez mais caótico”, destacou o pesquisador ao lembrar ainda que a Região Metropolitana de Salvador possui o pior segundo índice de “tempo de viagem” do Brasil.

O professor Juan Morena pontuou os quatro principais problemas a ser enfrentados pelas metrópoles: 1-crescimento desordenado, 2-centros históricos estão se degradando devido ao afastamento do desenvolvimento das cidades para outras áreas, 3-o uso exagerado de automóveis e, por fim, 4-a falta de controle do setor imobiliário.


Comente

Be the first to comment on "“Metrô não vai solucionar problema da mobilidade de Salvador”, diz professor da UFBA"

Deixe uma resposta