Tragédia: Helder Almeida é o novo “prefeito” de Camaçari

O maior pensador do século XIX, Karl Marx, dizia que a história se repete, a primeira vez como tragédia e a segunda como farsa. Prova de que a tese de Marx está certa é a indicação de Helder Almeida como secretário de Governo (SEGOV) do prefeito (fantoche) Elinaldo Araújo, que terá que aceitar ser a Rainha da Inglaterra de Camaçari, tem o título, mas não tem poder.

Quando governou Camaçari, a gestão de Helder foi uma tragédia. A farsa agora é acreditar que Elinaldo comandará os destinos de Camaçari, ainda mais que no novo organograma da Prefeitura de Camaçari, a SEGOV terá amplos poderes, inclusive sobre as demais secretarias, ou seja, caminho livre para mais uma vez Helder mandar e desmandar na Prefeitura.

Ao anunciar Renato Almeida, secretário de Finanças e Helder Almeida, como secretário de Governo, Elinaldo foi duramente criticado em sua página no Facebook. Sobre Renato – que o mais perto que chegou de Camaçari foi como secretário em Alagoinhas -, as críticas tenderam mais para o tom de “um forasteiro que não conhece a realidade da cidade”.

Vale lembrar que durante a campanha Elinaldo disse que seu secretariado seria formado por pessoas de Camaçari, contudo Renato Almeida é indicação do deputado Paulo Azi (DEM), a quem Elinaldo deve inúmeros favores. A comunicação da Prefeitura também será comandada por “gente de fora”. Pelo menos trata-se do brilhante jornalista Biaggio Talento, a quem o Badogada deseja sorte em sua jornada (que será extremamente difícil).

Já o velho conhecido do povo de Camaçari, a quem todos pensavam que tinha se livrado, Helder Almeida, voltou com tudo, para desagrado dos “seguidores” de Elinaldo.

Veja as reação no Facebook sobre a indicação de Helder Almeida

faceelinaldo faceelinaldo1

 

Comente

Be the first to comment on "Tragédia: Helder Almeida é o novo “prefeito” de Camaçari"

Deixe uma resposta