Incêndio na farmácia Pague Menos em Camaçari deixa nove mortos e 14 feridos

Camaçari amanheceu de luto após o trágico acidente que já deixou nove mortos e 14 feridos no incêndio na farmácia Pague Menos, no centro da cidade. O comércio não abriu as portas e outras unidades da rede de farmácia também não tiveram expediente. De acordo com o Corpo de Bombeiros, toda área já foi vasculhada, mas as buscas por vítimas continuarão após a retirada total dos escombros.


As informações preliminares dos Bombeiros apontam que incêndio foi provocado por uma explosão, resultando no desabamento de uma laje, provavelmente após o vazamento de gás. Curiosamente, era realizado um serviço de manutenção no mezanino da farmácia, inclusive com uso de solda e mesmo assim o estabelecimento permaneceu aberto, o que é arriscado de acordo com especialistas ouvidos pelo Badogada.

Ainda de acordo com especialistas em segurança do trabalho, algumas lojas localizadas no centro de Camaçari estão fora do padrão das normas de segurança, principalmente no que diz respeito a saída em caso de acidentes desta natureza. Existe informação ainda de que a irregularidade da obra, principalmente, por ocorrer durante o horário de expediente, foi denunciada a Defesa Civil de Camaçari mas nenhuma providência foi adotada. A Prefeitura de Camaçari não se pronunciou ainda sobre o ocorrido e nem sobre a autorização de alvará para a realização das obras.

Investigação
Caberá a delegada Thaís Siqueira do Rosário e equipe da 18ª Delegacia (Camaçari) a investigação das causas do incêndio. Os trabalhos já começam nesta quinta-feira (24) com a perícia e a escuta de testemunhas.

Atendimento
O secretário municipal de Saúde de Camaçari, Washington Couto, informou que das 14 vítimas que ficaram feridas no incêndio, cinco estão na UPA da Gleba A e as outras noves encaminhadas, primeiramente para o Hospital Geral de Camaçari e quatro delas depois foram removidas para o Hospital Geral do Estado, com o auxílio do helicóptero do Graer, da Polícia Militar e ambulância.

Em nota, a Pague Menos informou que lamenta o incidente e que se solidariza com a dor das vítimas. A assessoria informou que a empresa está prestando assistência às famílias e que está trabalhando junto com as autoridades para investigar a causa do acidente. “A segurança dos nossos funcionários e clientes sempre foi e sempre será de extrema importância para nossa companhia”, diz a nota.

Comente

Deixe uma resposta